sexta-feira, 7 de março de 2008

Seios 'gigantes' salvam modelo japonesa de condenação na Justiça

Ela era acusada de invadir a casa de um homem por um buraco na porta e destruir tudo.
Juízes concluíram que ela simplesmente não passaria pelo buraco com aquele corpão.




Os grandes seios de uma modelo japonesa -famosa por aparecer em comerciais na TV- acabam de salvá-la de uma condenação na Justiça.

Serena Kozakura, de 38 anos, foi presa no ano passado, acusada de destruir a casa de um homem com quem estaria tendo um caso. Para entrar, ela teria aberto um buraco na porta a pontapés e invadido a propriedade por essa abertura. Aparentemente, o homem estava com outra mulher, pivô de toda a confusão.

O caso ganhou notoriedade no Japão, e a TV Asahi até pediu para Serena tentar passar pelo rombo na porta - que, segundo ela, foi feito pelo próprio dono.

No julgamento, em Tóquio, a defesa da modelo levou um prato do tamanho do buraco e disse que ela jamais passaria por ali com seu busto de 110 centímetros.

Na última segunda-feira (3), o júri concluiu que ela era muito bem-dotada para conseguir passar, e a considerou inocente. "Os juízes tiveram boas maneiras ao não demonstrar expressões faciais. Acredito que eles eram bem treinados", disse Serena.

O presidente do júri, Kunio Harada, concordou em descartar o veredicto de culpada.

"Eu costumava odiar muito meu corpo", disse Serena para o canal Asahi. "Mas foram meus peitos que venceram no tribunal."



Retirado do G1

Defesa de peito essa, não?